[Desabafos de uma apaixonada por livros] Halloween


O que é para vocês o Halloween?
Para mim é um dos dias mais especiais da minha vida... Desde muito pequenina!
De onde nasceu este fascínio, não sei, mas não me lembro de existir sem ele.

Lembro-me especialmente de um dia em que eu era muito pequenina, e de estar na sala, atrás dos cortinados, a olhar lá para fora para a noite, pela janela.
Ainda faltava uma boa hora para a meia noite, e eu ansiosíssima para que algo acontecesse, alguma criatura aparecesse, algum portal se abrisse... Bastava ter aparecido uma luz suspeita que a minha imaginação arranjaria logo uma desculpa sobrenatural!
Claro que, que eu me lembre, nunca nada mais emocionante do que a passagem dos carros e uma ou outra pessoa a chegar a casa depois de um dia do trabalho ou pessoas a passear os cães aconteceu.

Mas ainda hoje com 27 anos no Halloween ao andar na rua às vezes sem dar por isso vou olhando para os lados à espera de ver "algo"...

Eu era a única que ia para a escola mascarada no Halloween, e não só na escola, era a única na rua, até aos meus 16 anos.
Lembro-me das pessoas perguntarem o que raio se passava comigo ou se o carnaval já não tinha passado ao que havia vezes que eu nem respondia, santa ignorância... Até ganhei concursos de Halloween que havia na altura em bares (que ia com os pais e só bebia sumo, claro) e assim. Até apareci no jornal da escola duas vezes! Por ganhar um prémio de máscaras...

Ohhh... O Halloween...
A minha máscara preferida desde sempre, até tenho fotos de mim mascarada com 8/9 anos é de vampira!
Agora como é moda já não tem piada, fica só para mim.
Mas para mim? O Halloween?...
É o dia em que tudo faz mais sentido... Mas isso... é um mistério que só eu sei......!

ORIGEM DO HALLOWEEN

O primeiro registo do termo "Halloween" é de cerca de 1745. Derivou da contracção do termo escocês "Allhallow-eve" (véspera do Dia de Todos os Santos) que era a noite das bruxas. 5 No Cristianismo existe o costume de celebração das chamadas Vésperas.No último serviço religioso do dia,depois do anoitecer,se celebra o dia que está por vir.Na Antiga Religião celta existia o Samhain,a Festa dos Mortos(no Cristianismo é celebrado dia 2 de novembro). Com a Cristianização das Ilhas Britânicas,de maioria Celta,houve uma mistura dos costumes das 2 religiões.

Posto que, entre o pôr-do-sol do dia 31 de outubro e 1° de novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês), acredita-se que assim se deu origem ao nome atual da festa: Hallow Evening Hallowe'en Halloween. Rapidamente se conclui que o termo Dia das bruxas não é utilizado pelos povos de língua inglesa, sendo essa uma designação apenas dos povos de língua (oficial) portuguesa.
Outra hipótese é que a Igreja Católica ao eliminar o dia de Martinho Lutero, que foi o fundador da igreja protestante, disse que a salvação é pela graça e não pela obra (indulgencias). Este dia seria conhecido nos países de língua inglesa como Day of Martin Luther.
Essa designação se perpetuou e a comemoração do Halloween, levada até aos Estados Unidos pelos emigrantes irlandeses no século XIX, ficou assim conhecida como "dia das bruxas", uma lenda histórica-.

A origem do Halloween traz às tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha entre os anos 600 a.C. e 800 d.C., embora com marcas das diferenças em relação às atuais abóboras ou da muita famosa frase "doces ou travessuras", exportada pelos Estados Unidos, que popularizaram a comemoração. Originalmente, o Halloween não tinha relação com bruxas. Era um festival do calendário celta da Irlanda, o festival de Samhain, celebrado entre 30 de outubro e 2 de novembro e marcava o fim do verão (samhain significa literalmente "fim do verão").
A celebração do Halloween tem duas origens que no transcurso da História foram se misturando:

Origem Pagã
A origem pagã do "dia das bruxas" tem a ver com a celebração celta chamada Samhain, que tinha como objetivo dar culto aos mortos e à deusa YuuByeol (símbolo antigo da perfeição celta). A invasão das Ilhas Britânicas pelos Romanos (46 A.C.) acabou mesclando a cultura latina com a celta, sendo que esta última acabou minguando com o tempo. Em fins do século II, com a evangelização desses territórios, a religião dos Celtas, chamada druidismo, já tinha desaparecido na maioria das comunidades. Pouco sabemos sobre a religião dos druidas, pois não se escreveu nada sobre ela: tudo era transmitido oralmente de geração para geração. Sabe-se que as festividades do Samhan eram celebradas muito possivelmente entre os dias 5 e 7 de novembro (a meio caminho entre o equinócio de outono e o solstício de inverno, no hemisfério norte). Eram precedidas por uma série de festejos que duravam uma semana, e davam ao ano novo celta. A "festa dos mortos" era uma das suas datas mais importantes, pois celebrava o que para os cristãos seriam "o céu e a terra" (conceitos que só chegaram com o cristianismo). Para os celtas, o lugar dos mortos era um lugar de
felicidade perfeita, onde não haveria fome nem dor. As festas eram presididas pelos sacerdotes druidas, que atuavam como "médiuns" entre as pessoas e os seus antepassados. Dizia-se também que os espíritos dos mortos voltavam nessa data para visitar seus antigos lares e guiar os seus familiares rumo ao outro mundo.

Desde o século IV a Igreja da Síria consagrava um dia para festejar "Todos os Mártires". Três séculos mais tarde o Papa Bonifácio IV († 615) transformou um templo romano dedicado a todos os deuses (Panteão) num templo cristão e o dedicou a "Todos os Santos", a todos os que nos precederam na fé. A festa em honra de Todos os Santos, inicialmente era celebrada no dia 13 de maio, mas o Papa Gregório III († 741) mudou a data para 1 de novembro, que era o dia da dedicação da capela de Todos os Santos na Basílica de São Pedro, em Roma. Mais tarde, no ano de 840, o Papa Gregório IV ordenou que a festa de Todos os Santos fosse celebrada universalmente. Como festa grande, esta também ganhou a sua celebração vespertina ou vigília, que prepara a festa no dia anterior (31 de outubro). Na tradução para o inglês, essa vigília era chamada All Hallow’s Eve (Vigília de Todos os Santos), passando depois pelas formas All Hallowed Eve e "All Hallow Een" até chegar à palavra atual "Halloween".
by Wikipédia (obviamente)

Mas isto é uma explicação muito básica, quero ver se ao longo deste ano que vem consigo juntar história e factos, uma espécie de tese mais completa.

E vocês? O que acham do Halloween?
MUAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH




Duas das vezes em que ganhei. Digam lá que eu não mandava pausa? 
(Muito antes de os vampiros estarem na moda!)

Sem comentários:

Enviar um comentário

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★


✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑