[Fui à...] Apresentação do livro "O Beijo de Humphrey Bogart" de Fernando José Rodrigues | Biblioteca Afonso Lopes Vieira


Bem, este foi o meu quarto evento relacionados com livros que fui  na vida e sem dúvida foi o maior! Ou pelo menos o mais "populoso"... Gente não faltou!

Quanto mais gente chegava mais pequenina eu me sentia...
Pensei logo: "Estou mesmo a ver que não vou conseguir conhecer o autor"... :(
Mas não foi assim! ;)
Um arranjo giro. Sentei-me logo na primeira fila para poder documentar como deve de ser.
A dada altura olhei para trás...
E pensei: "Eh pah!! Tanta gente!!"
Vereadora Anabela Graça
A primeira a falar foi a Vereadora Anabela Graça, dando a conhecer a obra e apresentando os presentes.
Eduardo Biscaia
Conheci o Sr. Eduardo Biscaia no primeiro evento a que fui. É o representante da Chiado Editora na zona de Leiria e alguns arredores. Muito simpático, autor do livro "Trinta Anos de Ausência", sobre violência doméstica, assunto que abordou e se emocionou a falar.
Um dos momentos de entusiasmo do Sr. Fernando Venâncio
Quanto ao convidado do autor, o Sr. Fernando Venâncio, não haja dúvida que mostrou um enorme entusiasmo para com o autor e o livro, mas não consegui tirar da cabeça nem por um segundo o quanto ele parecia o Cavaco Silva a falar e isso estava a dar cabo de mim... A voz, o tom pausado da fala, o não perceber metade do que dizia, .... Eu depois até fui ao google imagens comparar as fotos de um e de outro, e a não ser que seja mesmo uma grande impressão minha, são mesmo parecidos... (Espero não o estar a ofender! Ao Sr. Venâncio, claro).
Mas é um senhor muito simpático! Lá isso é! E pelos vistos um senhor mesmo muito importante, mas talvez por sermos de tempos muito diferentes, a sua forma de apresentar o livro não me cativou. Talvez por eu ser uma pessoa simples e não dada a tanta eloquência...?
Havia alturas em que ele a ler excertos do livro dava tal ênfase (e volume de voz) que até me assustava e desconcertava (mas eu também estava mesmo em frente)...

Já quando foi a vez do autor falar e ele se limitou a participar na conversa, encontrei nele rasgos de grande simpatia e humor (que não encontro no outro que é parecido com ele).

Quase me desmanchei a rir....
O autor, durante o tempo em que os outros falaram, estava sempre a apontar-nos (e a si próprio) a sua câmara, e estava quase sempre com um ar que a mim me pareceu de gozo, não da apresentação ou do que diziam, mas por si próprio ou sabe-se lá o que lhe estava a passar pela cabeça nessas alturas. Depois quando foi a sua vez de falar confirmou as minhas suspeitas de que tem um grande sentido de humor. Mas por causa destas figuras que ele fazia estive quase para ter que me levantar e ir lá para fora mandar as gargalhadas que estava a conter com esforço!!!
Lá me fui aguentando e rindo baixinho...



No final de tudo eu tão preocupada ser só uma "formiga" no meio de tanta gente, fui a única que teve uma pergunta para fazer ao escritor, quando a Vereadora Anabela Graça nos perguntou se alguém tinha alguma questão a fazer ao autor, fui a única a levantar a mão!!!
Eu! Sim, eu!
E ele respondeu-me com toda a simpatia!
A minha pergunta foi algo como: "O que o motiva a escrever? Em que se inspira? Quando aparece a primeira frase e sabe que dali vai nascer algo?"
E ele disse que a primeira coisa que faz é escrever o titulo. E disse mais coisas mas eu não tinha nem gravador nem me meti a escrever estando ele a olhar para mim enquanto respondia.

Registei coisas que ele foi dizendo na apresentação e que achei importantes, cisas que gostei, coisas como:
"Toda a gente merece ser reconhecida".
"Qual foi o grande amor da minha vida?".
"Quando eu morrer quem se vai lembrar de mim?".
"Fizemos a diferença, ou limitamos-nos a seguir um caminho já delineado?"
"Não há alzheimer que nos derrube quando deixamos marcas no caminho."
O meu exemplar, que comprei à equipa de vendas do escritor.
A fila para os autógrafos!!! E eu que estava sentada mesmo em frente acabei por ser das últimas!
Entretanto com o aproximar-se das 18h, ia haver mais um evento na biblioteca:


Por isso pediram-nos para irmos lá abaixo, assistir ao evento e depois continuava-se com a sessão de autógrafos, no andar debaixo.
Podem ver mais fotos deste evento aqui.

Fiquei ao lado do autor durante o inicio
Falaram sobre a Primeira Guerra
Tesouros...
A Dr. Ângela, directora da biblioteca, com quem tive o prazer de conversar no final dos eventos.
Olha eu pela primeira vez! Não consigo ser fotogénica nem por nada.
A primeira vez que me tiram uma foto num evento! Lembram-se de eu ter dito que não gosto de "selfies"? Desta vez houve quem me tirasse uma foto, ao lado do escritor!

O autor assinou-me o livro, ouviu-me e foi muito simpático.
Resumindo, foi um bom evento (apesar de no total ter sido das 16:00 às 19:30, pois fora dois eventos seguidos), mas gostei. Foram todos simpáticos comigo, aprendi muito, fiquei inspirada e foi uma tarde bem passada.

Sem comentários:

Enviar um comentário

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★


✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑