[Iniciativas] Campanha "Papel por Alimentos"

O seu papel é essencial

Banco Alimentar incentiva troca de papel por alimentos

Os Bancos Alimentares iniciaram uma campanha Papel por Alimentos com contornos ambientais e de solidariedade no âmbito da qual o papel angariado (jornais, revistas, folhetos, etc.) é convertido em produtos alimentares.

A Campanha “Papel por Alimentos” integra-se num ideal mais vasto de sensibilização para a importância do papel de cada pessoa na sociedade e para a possibilidade de recuperar e reutilizar coisas que parecem não ter valor.
Pretende envolver as Instituições que diariamente se abastecem nos Bancos Alimentares e os voluntários que colaboram, mas também todas as pessoas e entidades que se queiram associar, nomeadamente a administração pública e local.

A campanha permitirá incentivar o voluntariado, desde logo porque todo o papel recolhido terá que ser depositado pelos doadores nas instalações do Banco Alimentar Contra Fome da sua região.

Esta acção vai ser desenvolvida em parceria com a Quima, empresa de recolha e recuperação de desperdícios, que por cada tonelada de papel recolhido vai entregar o equivalente a 100 euros em alimentos, indicados pela Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares.

O seu papel é essencial na luta contra a fome!
A campanha tem também uma ambição de mudança de mentalidades e atitudes. Para o efeito foram produzidos pela Copidata toalhetes de refeição, através dos quais se pretende difundir a ideia de que é possível ser solidário se se tiver atenção à possibilidade de doar ou reciclar bens que, à primeira vista, parecem não ter valor (neste caso o papel). 
E para chegar aos mais jovens, serão colocados toalhetes de refeição precisamente com esta mensagem em cantinas de universidades e escolas

Entregue no Banco Alimentar mais próximo de si todo o papel de que já não precisa!

O que é a Campanha “Papel por Alimentos” ?
A Campanha “Papel por Alimentos” é uma campanha promovida pela Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares com contornos ambientais e de solidariedade: por cada tonelada de papel recolhido é doado pela empresa Quima o equivalente a 100 euros em produtos alimentares básicos.

A Campanha “Papel por Alimentos” integra-se num quadro mais vasto de sensibilização para a importância do papel de cada pessoa na sociedade e para a possibilidade de recuperar e reutilizar coisas que parecem não ter valor.

Quem pode associar-se a esta campanha?
Todas as doações são bem-vindas. Para além do público em geral, podem associar-se escolas, universidades, instituições, empresas, administração pública e administração local.

Que tipo de papel é aceite ?
No âmbito da presente campanha, pode ser entregue todo o tipo de papel:
  • Jornais/revistas
  • Fotocópias
  • Papel de rascunho
  • Impressos  e folhetos publicitários
  • Envelopes
  • Papel de fax
  • Papéis timbrados
  • Arquivos mortos
Que tipo de papel não é aceite?
No âmbito da presente campanha, não é aceite:
  • Cartão e papelão
  • Papeis plastificados
  • Papeis metalizados
  • Papeis parafinados, papel vegetal, fotografias
  • Fitas adesivas
Até quando dura esta campanha ?
A campanha não tem limite temporal previsto.

2 comentários:

  1. Adoro a iniciativa! Realmente o Banco Alimentar faz trabalhos espetaculares! [Cindy]

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na minha opinião este é um dos melhores projectos deles :)

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★


✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑