[Natal 2014] Livros para oferecer este Natal | Lusodidacta


Ideias fantásticas para oferecer este Natal da Lusodidacta.
Ideal para estudantes, estudiosos e interessados nos mais diversos temas.


ACOLHER BRINCANDO
TAVARES, Patrícia Pombo
Brincar é um direito da Criança reconhecido na Convenção Internacional dos direitos da Criança, na Nações Unidas e consagrado na Carta da Criança Hospitalizada onde, no Artigo 7.º, se lê que “o
Hospital deve oferecer às crianças um ambiente que corresponda às necessidades físicas, efectivas e educativas, quer no aspecto do equipamento, quer no do pessoal e da segurança”. (IAC. 2008).

Utilizar a brincadeira como intervenção terapêutica de enfermagem, com a intencionalidade de disponibilizar informações e programas de preparação para o internamento hospitalar às crianças e aos pais, seja ele planeado ou de emergência, e fornecer informação prévia aos procedimentos
planeados, num formato inteligível à criança, não tem sido uma prática comum no nosso país. Pelo contrário, em países como o Reino Unido e o Brasil, o “brinquedo terapêutico” é ensinado, investigado e utilizado como um recurso diário na prática clínica em enfermagem pediátrica. Se outra razão não existisse, a divulgação desta intervenção inovadora seria motivo mais que suficiente para que este estudo académico tivesse que ser publicado sob a forma de livro.

DICIONÁRIO DE BOLSO PARA ENFERMEIROS
O Dicionário de Enfermagem mais vendido em todo o mundo!
Agora na sua 23ª edição, e na sua 1ª tradução para a língua portuguesa, o Dicionário de Bolso para Enfermeiros encontra-se completamente actualizado e revisto para dar respostas rápidas tendo em conta as constantes mudanças no mundo da enfermagem e dos serviços de saúde. Esta edição ultrapassa os pontos do foro estritamente médico de outros dicionários de bolso e centra-se nas necessidades dos enfermeiros de hoje. Publicado em associação com o Royal College of Nursing (do Reino Unido), fornece as informações essenciais que um formato de bolso permite a todos aqueles que as procurem, no âmbito da enfermagem e dos cuidados de saúde.

Além da sua grande variedade de termos e definições, este dicionário inclui também um vasto leque de informação útil nos seguintes apêndices: nutrição; reanimação; regulamento para o exercício profissional; deontologia profissional; organizações profissionais; entidades úteis; unidades de medida e tabelas de valores normais; imunização; enfermagem na internet; precauções universais.

DICIONÁRIO DAS DOENÇAS MAIS COMUNS
Este trabalho não é dirigido a profissionais ligados à Saúde ­(médicos, en­fermeiros, farmacêuticos, estudan­tes ou outros) mas sim a todas as pes­soas que se possam interessar por ter alguns ­conhecimentos sobre ­doen­ças mais vulgares.

Com essa intenção foram escolhidas as 175 doenças consideradas as mais comuns, mais frequentes ou mais discutidas e faladas  na comunicação social.

São apresentadas de forma que se procurou ser acessível e com­preensiva para todo e qualquer ­interes­sa­do. Com essa ­intenção, as doenças, são descritas sem se pretender ser exaustivo e apenas referindo resumidamente os seus principais aspectos numa ­linguagem o mais simples possível, e complementada, sempre que considerado pertinente, por um glossário onde se explicam os ­termos médicos mais complexos, invulgares e pouco conhecidos.      

Deste modo foi desejo do Autor ser útil para todos os curiosos dos problemas da saúde sem entrar numa linguagem que possa eventualmente tornar aspectos acessíveis, problemas, perigosa­mente mais comple­xos preocupantes e assustadores.


Sem comentários:

Enviar um comentário

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★


✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑