[Desabafos de uma apaixonada por livros] Coisas que vou aprendendo sobre as bibliotecas e mais desabafos...


Hoje venho falar-vos da minha experiência em doar livros à minha biblioteca municipal e o que tenho aprendido sobre o assunto.
Existem tantas dúvida sobre o funcionamento das bibliotecas em geral, as minhas próprias dúvidas, questões que já me fizeram, pessoas que sabem muito, pessoas que sabem pouco, mal entendidos,  ...
Portanto conforme vou aprendendo, vou partilhando aqui convosco.

Pessoalmente, creio que sempre tive a noção de que, quem quisesse, podia doar os seus livros às bibliotecas. No entanto já conheci imensas pessoas desde que criei este projecto que pensavam que os livros das bibliotecas vinham de livrarias, editoras, e até de um armazém de livros qualquer (?).
Inclusive pessoas próximas de mim e familiares!

Até lhes podia ter respondido, sarcasticamente: "Deves pensar que os livros nascem das árvores!", como se costuma dizer, mas por acaso até "nascem"! É como quem diz isso do dinheiro... O dinheiro é feito de quê? =P
Mas fora brincadeiras, o que quero dizer é que as bibliotecárias não têm uma varinha mágica, apontam para as prateleiras e os livros aparecem... Não. (Mas era muita fixe!!)

Com esta publicação quero partilhar convosco o que eu tenho aprendido, e até aquilo que ainda não sei, sobre o funcionamento das bibliotecas.

Cada biblioteca tem o seu próprio funcionamento. Não têm todas as mesmas regras, as mesmas normas, o mesmo orçamento, os mesmos livros, nada. Cada uma pode ser tão diferente como a noite do dia, a única coisa em comum é que todas as bibliotecas municipais têm livros.
Sabiam que a maior parte das bibliotecas com quem já "conversei" pertencem às Câmaras Municipais? Os seus funcionários são funcionários do município? Que as bibliotecas municipais pertencem ao Ministério da Administração Interna e não ao Ministério da Cultura?
É como se as bibliotecas fossem um tipo de serviço publico e não vistos como uma parte cultural da nossa vida, da nossa formação, do nosso país. O que faz com que os apoios sejam o que são...
Afinal, ter pessoas cultas é perigoso, não é? Pessoas que compreendem e vejam perfeitamente as injustiças, a corrupção, que estão a ser enganadas... Os que mandam não querem pessoas cultas e não há outra verdade além dessa. Sempre foi assim...


Sabiam que as bibliotecas têm um orçamento (limitado), e é com esse orçamento que compram os livros? Umas têm um bom orçamento para comprar os livros, compram as novidades, podem ter a sorte de alguma editora lhes doar livros, escritores os também. A minha biblioteca municipal, por exemplo, têm um baixo orçamento e sobrevive essencialmente das doações que as pessoas fazem. Sabiam? E como a minha há muitas.

Não deviam de julgar uma biblioteca pelas outras todas. Há pessoas que já me disseram, e eu já li por aí, coisas tipo: "Tive uma  má experiência em doar livros, foram brutos, não aceitaram, até parecia que me estavam a fazer um favor a mim, nunca mais vou doar livros à biblioteca!!!", e como em tudo o resto por umas pagam todas. E a maior parte das vezes a culpa nem é da biblioteca, é da criatura que tiveram o azar de se cruzar e de vos atender naquele dia.
Quando há tantas bibliotecas no nosso país que imploram por livros, que não têm uma única novidade (e para algumas novidade é um livro com vários anos do qual ainda não tenham nenhum exemplar, nem sequer vamos falar das novidades a sério, livros que saíram à meses), e que por causa das funcionárias que dão má fama à biblioteca onde trabalham e às outras todas, as que realmente precisam ficam a perder.


Não pensem que este meu blog e projecto é bem visto, adorado e venerado pelas bibliotecas!! Já tive más respostas, total desprezo, desinteresse, inclusive "Não temos interesse", já me chateei, já discuti e já pensei seriamente em desistir deste projecto. Pensei muitas vezes: "São pobres e mal agradecidas!!"
Não só por causa desses conflitos, como pelo próprio desinteresse dos seguidores deste blog. Os que o seguem só pelos passatempos. Os que já por aqui passaram mas nem um único texto leram. Os que leram mas não comentam, pois não fazem ideia da importância que os seus comentários têm para os autores dos blogs, e falando por mim, o importante que são para mim, me motivam a continuar.... Pelo desprezo total e absoluto de algumas editoras, más respostas, tudo o que, devido ao facto de este blog não ser como os outros do género, até pelo nome, suscita... Ver o desinteresse quase total das pessoas doarem livros às bibliotecas, preferirem até deitar fora a doar...
Só o nome "Vamos doar livros à nossa biblioteca?" deve afastar muitas pessoas. Mas se fosse "O cantinho de uma gaja que gosta mesmo bué de ler" já teria outro alcance... E mesmo assim...

Mas depois, um dia e outro, espaçadamente, recebo um comentário motivante. Recebo um email encorajador. Recebo os parabéns pela iniciativa e coragem. Recebo um apelo de uma biblioteca para a divulgar, que precisam de livros. Quando vou doar livros e me calha uma funcionária simpática em que os olhos até brilham e abre um sorriso do tamanho do mundo e diz :"Vou já preparar tudo para os poder meter em exposição para as pessoas requisitarem!". Quando vejo esses livros que eu doei expostos na minha biblioteca, à frente de toda a gente. Quando um dia ia a andar pela biblioteca e ouvi: "Olha, é daquele blog de doar livros à biblioteca!" e eu sorri, mas nada disse, mas senti-me importante, o ego um bocado mais inchado que o costume. Parece uma coisa de nada, mas para mim foi muito.

Quando vejo pelas redes sociais pessoas, associações, instituições, sem eu pedir, a divulgarem o meu blog, a página de facebook e até publicações que escrevi... Escritores que tomam conhecimento do meu blog e querem contribuir para com ele... Inclusive uma entrevista de rádio eu já fui, apresentar o meu blog, numa estação de rádio da minha cidade que ouviu falar do meu projecto e achou muito interessante, teceu muitos elogios e disse para eu continuar, sempre.

E as pessoas que sei que gostam mesmo do blog, que gostam dos meus desabafos, das minhas opiniões, das minhas ideias, mesmo que não comentem aqui e só mo digam pessoalmente... E são essas pequenas (grandes!) coisas que me fazem continuar, que um dia eu venha a fazer a diferença, aos poucos e poucos e gostem do meu blog/projecto por aquilo que ele é.
E mais! Me dizerem que já requisitaram um livro doado na biblioteca que lhes mudou a vida, que era mesmo o que precisaram naquela altura, que esse mesmo livro foi amigo e companhia, tal como aconteceu comigo e motivo pelo qual criei este blog. Porque as bibliotecas são importantes, e os utilizadores das bibliotecas não têm de pagar pela incompetência de certos funcionários de algumas delas...

Por isso eu gosto tanto deste meu blog, gosto tanto dos meus seguidores, das amigas que já fiz graças a ele, e também...

13 comentários:

  1. Olá Liliana,
    Gostei imenso do teu post. Como já partilhámos várias vezes também sou uma eterna defensora e utilizadora de bibliotecas municipais. Uso e "abuso". Mas também faço muitas doações.
    Fico contente por partilhares estas experiências.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá :D
      Podias também partilhar as experiências que vais tendo com as doações, como fizeste, como foram recebidos, se ficaram contentes por os receberem e assim ;)

      Eliminar
  2. Realmente é bom ver o teu esforço por esta prática bem nobre. Devo dizer que não sou das pessoas mais dadas a doar livros, são-me tão queridos! No entanto, tenho feito um esforço para separar aqueles livros que não gostei assim tanto para os doar à minha biblioteca local. Lá está, como dizes e bem, há muitas bibliotecas ligadas às Câmaras e a minha não é excepção, no entanto de vez em quando lá surgem novidades e muitas delas são baseadas nas sugestões dadas pelos seus leitores (eu muitas vezes incluída!). Enfim, adoro livros e bibliotecas desde que aprendi a ler. Estou inscrita em duas e estou a tentar que uma amiga se inscreva na biblioteca da zona dela para poder requisitar livros para mim! Não tenho remédio, mesmo! xD
    Força!
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se alguma vez doares algum, conta-me como foi!! :D E se puderes tirar foto para podermos partilhar então era excelente! <3

      Eliminar
    2. Já doei dois há uns meses. Um que me tinha oferecido e cujas primeiras páginas me fizeram desistir logo dele, apesar de ser de um escritor muito famoso, quiçá um Nobel da Literatura e um outro de que tinha duas cópias devido a um problema de montagem na gráfica. Ainda não os vi na biblioteca - podem ainda estar no arquivo - mas a verdade é que ainda não os procurei. E a verdade é que segundo uma amiga que lá trabalha, este é um trabalho que dá muito trabalho...
      Entretanto tenho alguns separados para me decidir se os dou ou não. Em principio sim, mas penso que me quero despedir deles, relendo-os.
      Beijinho

      Eliminar
    3. Se doaste este ano, pede um comprovativo, se não te deram , e participa neste passatempo!! :D
      http://vamosdoarlivrosanossabiblioteca-pt.blogspot.pt/2015/10/passatempo-my-own-portugal-box.html

      Eliminar
  3. Adorei o post, não sabia de algumas coisas que aqui falaste.
    Infelizmente já há alguns anos que não uso a biblioteca. Quero muito mudar isso, mas como vou tendo livros por ler em casa acabo sempre por adiar. Mas queria ver se ainda mudava isso este ano.
    Quando finalmente for lá também tenho de perguntar quanto à doação de livros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando fores, depois conta-me tudo, por favor! :D
      Pode ser até que a tua biblioteca tenha interesse em responder à minha entrevista e em ser divulgada aqui no blog ;)

      Eliminar
  4. Sempre que te leio descubro alguma coisa nova! Desta vez, foi a parte das Bibliotecas Municipais pertencerem ao MAI. Nunca poderia imaginar e não entendo a ligação. A quantidade de incongruências que temos neste país e com as quais temos de lidar é infindável mesmo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, algumas conversas que já tive com responsáveis de bibliotecas, injustiças, desprezo por parte do governo, muitas não conseguem apoios nem ajudas nenhumas, tipo, que "se desenrasquem" e se governem sozinhas...

      Têm de andar a pedir/mendigar apoios à Gulbenkian e outras instituições, incluindo editoras (algumas doam livros que estão para lá esquecidos em armazém, descontinuados, etc, outras fazem desconto x para bibliotecas se elas comprarem os livros) para poderem ter a biblioteca municipal em funcionamento, muitas vivem só com as doações... Muitas, muitas, muitas injustiças que só não exponho aqui, pois como não trabalho nenhuma não me considero nesse direito, quem está por dentro do assunto é que o deve fazer, mas há certas coisas que eu partilho porque devem saber.

      Sobre isto que comentei agora também irei escrever outro desabafo ;)

      Eliminar
  5. Grande post !!
    Como sabes uma uma frequentadora assídua da biblioteca (o que ás vezes me embaraça um bocado porque já todas as funcionárias de lá me conhecem e chegam a perguntar indiretamente se eu não tenho uma vida) e gostei bastante do que escreveste!!!
    Como é óbvio, não ligues a opiniões dos outros pois há muita gente que gosta bastante deste blog/projeto!!!
    Continua!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOOL Não é nada embaraçoso!
      O que muitas delas mais gostam (e me falam muitas vezes) é dos "queridos utilizadores frequentes, que vêm quase todos os dias, já leram quase tudo e não lhes podemos oferecer novidades, ou é raro".
      Dai também este projecto se estar a alargar ainda mais para ajudar essas bibliotecas pequenas em que são raras as doações para os seus utilizadores habituais... E eu tento ajudar em tudo o que posso, tanto que agora não faço doações apenas à minha biblioteca, mas criei aquela publicação, não sei se viste, sobre o envio de livros em taxa editorial para ensinar como se faz para enviar livros mais baratos, pois estou a preparar, conforme vou podendo, doações para outras bibliotecas do país :)
      Especialmente para os utilizadores frequentes dessas mesmas bibliotecas ;)

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★


✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑