[Desabafos de uma apaixonada por livros] As bibliotecas não são depósitos ou contentores...


Queridos leitores.

Ultimamente tenho falado, pessoalmente ou por telefone com algumas responsáveis por bibliotecas, pessoas ligadas ou que já estiveram ligadas a elas, com bibliotecárias ou técnicas. E tenho aprendido muito com as pessoas simpáticas que se disponibilizam em falar comigo, em me contar as coisas e em apoiar o meu projecto. E acreditem que há dias em que preciso mesmo de apoio, pois penso muitas vezes que ninguém dá importância a esta minha iniciativa/blog.

Uma das queixas que mais ouço e uma frase que mais entristece quem trabalha numa biblioteca (seja ela qual biblioteca pública for, não apenas as municipais), é: "Estive a dar uma limpeza por casa, no sótão, na garagem, e....."
.... E normalmente o resultado do que sai dali é livros muito antigos, usados, estragados, rasgados, com falta de folhas e até como bolor, humidade entre outros micro-organismos prejudiciais às saúde das pessoas e aos outros livros, pois um livro contaminado contamina os outros.
E quando as bibliotecárias ou técnicas que os recebem tentam explicar o motivo pelo qual aceitam, mas poderá haver casos que terão de ir para abate, ou que não podem aceitar de forma alguma livros naqueles estados, a frase que mais se usa: "Melhor estes assim que nada!"

Para quem tem esse pensamento, deixo a seguinte imagem:


Quem gosta de entrar numa biblioteca e ver livros velhos e desfeitos por todo o lado?

Com isto não quero dizer que só se deve dar livros novos e novidades às bibliotecas! As bibliotecas precisam de TODO o tipo de livros e muitas até agradecem clássicos e best sellers de diversos anos para os seus clubes de leitura entre outras actividades!

Quero apenas apelar ao bom senso, pois eu já estive, por pura coincidência, numa bibliotecas no acto de uma doação de livros em que eu olhei para aquilo e pensei: "Que raio vai a biblioteca fazer com livros desactualizados mais antigos do que eu e naquele estado?" E bandas desenhadas muito antigas, quase a preto e branco (só para vincar a ideia!) que já sabemos logo à partida que ninguém lhes vai pegar, vão ocupar espaço nas prateleiras onde poderiam estar outros de interesse geral e que depois ficam a cargo e à responsabilidade da biblioteca. Pois a biblioteca não se pode "livrar" dos livros em mau estado como nós pegamos num saco do lixo e metemos num contentor. A partir do momento em que algo é doado a uma biblioteca, entra no seu Fundo Documental e tudo o que lhe acontece, seja o arranjo, o desaparecimento, o abate, o que quer que seja, tem de ser participado.

Há uma diferença entre oferecer um livro com 10 anos todo sujo, bolorento, rasgado e um com 10 anos como novo, possivelmente apenas amarelado pelo passar do tempo, que é normal e há livros novos  que compramos hoje em dia que ou já compramos amarelados ou ficam amarelados passados dias, tudo depende da qualidade do papel e o amarelado influência em nada em escrita. Agora sujo ou com folhas a cair ou com um cheiro muito intenso a humidade/mofo já influência.


Então, o que fazemos a livros que temos nesse estado, mas podem ser recuperados?
Primeiro, podemos ligar à biblioteca antes de lá ir e expor a situação. Dizer que temos livros x, mas em condições x e se a biblioteca têm alguma forma de os recuperar. Muitas bibliotecas têm espaços e pessoas para recuperarem livros. Pessoalmente vi o espaço que a Biblioteca de Figueiró dos Vinhos têm para esse efeito e aqueles que eles não conseguem recuperar transformam em arte.


Mas há outras que nada conseguem fazer com livros nessas condições. Quem realmente gosta das bibliotecas não se importa, certamente, de ligar ou passar por lá e questionar o que fazer nessas situações e não apenas chegar lá com uma sacada de livros desfeitos e deixar como se a biblioteca fosse um contentor, apenas para não se sentirem mal em deitarem os livros para o lixo. Infelizmente vai haver pessoas que preferem deitar para o lixo, para não se darem "ao trabalho".

Além de bibliotecas públicas, irei tentar juntar informação sobre outras instituições que recebem livros, associações solidárias, presídios, reformatórios, lares, orfanatos, etc etc...
Mas este blog e todo este trabalho é feito por uma única pessoa, sozinha. Por isso, se sabem de associações, instituições, escolas entre outros que aceitem doações de livros e até que tenham meios de os recuperar, por favor, enviem-me um email para: vamosdoarlivrosbiblioteca@gmail.com ou comentem neste post. Toda a ajuda e informação é muito bem vinda.

Sem comentários:

Enviar um comentário

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★


✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑