[Desabafos de uma apaixonada por livros] As Bibliotecas não são todas iguais! Por umas as outras não têm de pagar...


Queridos leitores...

Essa coisa de "por uns pagam todos" foi algo que sempre abominei.
Cada um com as suas coisas, cada um que assuma a responsabilidade dos seus actos.

Com isto quero dizer: Já pessoas me disseram ou ouvi dizer: "Ah, fui à biblioteca x e fui mal tratado ou ignoraram-me completamente ou não aceitaram os meus livros que eu queria doar, que estavam novos, impecáveis e ainda me responderam mal ou não gosto do ambiente nem como sou atendido(a)", etc, etc etc...

Desde que iniciei este projecto/blog tive contacto com diversas e cada vez mais bibliotecas, de todos os tipos. Já fui excelentemente recebida e já fui desprezada. Já me senti mais em "casa" noutras bibliotecas que entretanto visitei no que aquela que é a "minha" biblioteca, a da cidade em que vivo actualmente. Até já me senti bem vinda e parte da comunidade de bibliotecas de cidades em que eu nunca fui. Apenas por conversas telefónicas.

Temos de ter em atenção, que REALMENTE gosta de bibliotecas, certos factores:
São as pessoas que trabalham na biblioteca que criam o ambiente e fazem o atendimento e não a biblioteca em si. Podemos não gostar do ambiente de certa biblioteca e passados uns anos passarmos a adorar! Qual o motivo? As pessoas que lá trabalhavam e não se importavam com a biblioteca nem com os seus utilizadores foram substituídas por pessoas que gostam da biblioteca, que fizeram de tudo para a tornar acolhedora, útil, actual e sabem acolher bem as pessoas e fazerem das bibliotecas uma "segunda" casa.

Há até casos de pessoas que trabalham em bibliotecas que nem sequer gostam de ler! Tal como as há a trabalhar em livrarias, tal como há pessoas que detestam máquinas a trabalhar em armazéns das mesmas, pessoas que detestam servir à mesa a servir, etc... Nota-se LOGO quando estamos a ser atendidos porque quem gosta e se importa e quando estamos a ser atendidos por quem não se rala.

Nesses casos, quem realmente se importa e gosta da sua biblioteca pode por auto-iniciativa fazer sugestões e oferecer-se para ajudar e dar ideias para melhorar a sua biblioteca! Eu já o fiz com a minha, deixei as minhas sugestões e até há bibliotecas que têm formulários com sugestões, seja em formato papel ou no site para o fazermos!

Temos é de o fazer!!!! Caso contrário, se ninguém se importar em tentar mudar o que está mal na sua biblioteca e esperar que sejam outros a ralarem-se irá continuar sempre tudo na mesma. Pois vão ficar todos à espera que seja "outra" pessoa a fazer algo e essa "outra" podem ser vocês!
Se podemos fazer a diferença, porque não fazer? Sermos nós os responsáveis por tornar aquele espaço um espaço melhor, directa ou indirectamente? Não é fantástico?!


Espero poder fazer a diferença em muitas bibliotecas, o que equivale fazer a diferença na vida das pessoas que a frequentam, como eu felizmente sei que já ando a fazer. E é tão bom...
Este blog nasceu numa altura em que eu estava a passar mesmo muito mal, a todos os níveis da vida de uma pessoa! Despedida, doente, problemas familiares, amorosos, financeiros, tudo!
E foi ao entrar na biblioteca, nem era suposto lá ter entrado, não era suposto ter sequer passado por aquela zona, não era suposto me ter apetecido passar os olhos, lentamente por todas as lombadas dos livros dispostos nada naquele dia era suposto mas aconteceu. E vi um livro de uma autora que eu já tinha lido à muitos anos e por algum motivo peguei naquele livro. Não foi pelo livro, nem pelo título, nem por nada. Simplesmente aconteceu. Li a sinopse e requisitei-o quase apaticamente, pois eu não andava a ler nem andava com vontade nenhuma para tal. Logo na primeira página fiquei completamente agarrada ao livro e nem dormi nem comi até o acabar de ler. E despertei para a vida e voltei, mais uma vez, a erguer-me, a levantar e a lutar e aqui estou hoje com este blog, este projecto e esta "luta" em homenagem às bibliotecas, aos livros e a quem doa livros.
Já agora, para quem ficou com curiosidade, o livro foi este.

Se soubesse essa senhora que doou o livro (sei que era uma senhora pois tinha o nome de uma senhora no carimbo no livro  "doado por") o que me ajudou naquele dia... E eu decidi que tinha de retribuir.
Antes também me custava despegar dos livros. Mas agora é um orgulho vê-los expostos na biblioteca a saber que são requisitados.

Por isso, por favor. Não desistam das bibliotecas por terem tido uma má experiência com uma. Existem tantas. E tantas a precisar MESMO muito de ajuda! Mesmo que seja uma biblioteca que fique longe, existe a taxa editorial dos ctt, uma taxa para envio livros através dos ctt mais barata que o envio normal para podermos enviar livros a essas bibliotecas fazem tanta falta. Mas simplesmente não desistam das bibliotecas se realmente gostam delas. São as pessoas que lá trabalham que as transformam e não a biblioteca em si. E se a comunidade fizer sugestões e não simplesmente deixar andar, há sempre esperança de que um dia a biblioteca se transforme num espaço de apoio, de acolhimento, de cultura, de aventura, de sonho...


4 comentários:

  1. Não podia concordar mais!
    E mais uma vez parabéns pela excelente iniciativa! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho muita pena que mais pessoas não concordem ou nem sequer tenham a capacidade de pensar:"Não é por causa desta que vou detestar todas" e acham mais fácil generalizar :(

      Eliminar
  2. Por acaso ainda não sabia o que te tinha levado a começar este projeto e não sabia como um livro te tinha mudado a vida! Gostei muito de ler e de saber e agradeço por teres partilhado, acho que é fundamental as pessoas terem noção de que individualmente, cada uma delas, pode mudar o mundo e as coisas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, há muita gente que não tem noção que sozinha e apenas com força de vontade e actos pode fazer a diferença. Pensam: "Só eu sozinho(a) não vai mudar nada", como até o meu pai já me disse: "Sozinha não consegues mudar o mundo inteiro", ao que eu respondi: "Pois não, mas sozinha já mudei o meu mundo e o mundo de muita gente ao meu redor". E por isso vale a pena. Não foi a primeira vez, aquele dia em que a ideia do blog nasceu que uma biblioteca+um livro me salvaram... Por isso e lembrando-me sempre disso mesmo nas alturas mais difíceis penso sempre que vai valer a pena e desde que mude algo em alguém, para melhor, nem que seja em apenas uma pessoa, já terá valido a pena :)

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★


✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑