O Blog e as minhas leituras até 2015

Em vez de fazer um balanço ou algo do género do ano 2015, vou fazer uma espécie de "tag" das leituras desde a criação do blog até ao ano que terminou ontem (2015). Vi este "exercício", pois é sempre um exercício para a minha mente estas questões no blog "O Prazer das Coisas" e no "O Encanto das Histórias" decidi vir fazer também, a ver se consigo e o que sai daqui.
A aventura que me tirou o fôlego
Inferno - Dan Brown

O terror que me deixou sem dormir
Nenhum

O suspense mais electrizante

O romance que me fez suspirar

A fantasia que me encantou

A saga que me conquistou
❥ O Diário de um Banana - Jeff Kinney

O clássico que me marcou
❥ Romeu e Julieta - William Shakespeare

O livro que me fez reflectir

O livro que me fez rir
❥ Os Diários de um Banana - Jeff Kinney

O livro que me fez chorar

O livro que me decepcionou

O livro que me surpreendeu

O livro que devorei

O livro que abandonei
❥ A Pensar em Ti - Jill Mansell

A capa que amei
❥ Entre o Agora e o Sempre - J. A. Redmerski

O thriller psicológico que me arrepiou 
❥ Nenhum

A frase que não saiu da minha cabeça
"Eu desistira da minha vida por uns tempos mas o que aprendi foi que, mesmo quando isso acontece e sobretudo quando isso acontece, a vida nunca desiste de nós." Pág. 318
O Meu Encontro com a Vida | Cecelia Ahern

O(a) personagem do ano

O casal perfeito

O(a) autor(a) revelação
❥ Lesley Pearse
Só a conheci após a criação deste blog e passou a ser a minha escritora preferida de sempre, até  à data.

O(a) autor(a) que mais esteve presente entre as minhas leituras
❥ Lesley Pearse e Cecelia Ahern
Foram as duas uma presença constante na minha vida este ano que passou e eu bem que precisei das suas palavras, histórias e sabedoria.

O género literário que mais li
❥ Drama

O género literário que preciso ler mais
❥ Não é género literário que preciso de ler mais.
O que preciso mesmo é de ler livros dentro dos géneros de que gosto, mas de autores diferentes, para não estar sempre a ler livros dos mesmos autores e estar a ficar perigosamente perto de ler os livros editados dos meus escritores preferidos e depois ter de ficar à espera que saiam novos.
Por isso preciso de ficar a conhecer mais autores, passar a gostar de um "leque" maior de autores diferentes e também vou tentar ler livros de géneros que saiam da minha "zona de conforto" e tentar descobrir de que outros géneros eu sou capaz de gostar.

O melhor livro nacional

O melhor livro que li em 2015

Li em 2015 ....... livros
❥ Não sei, não contei, nem gosto de contar. Leio o que me apetece, quando me apetece.

A minha meta literária para 2016 é:
❥ Ler os que me apetecer, quando me apetecer. O que importa é ler por prazer, aprender algo com as leituras e desfrutar plenamente.
Certas opiniões ainda cá não estão, mas hão-de chegar, a seu tempo :)

E vocês? Qual o vosso tipo de leitura preferido? E autores preferidos? Ando a precisar de conhecer novos géneros literários, novos autores, novas leituras, novas descobertas, novas aventuras... O que me recomendam?

30 comentários:

  1. Olá Liliana. Porque é que abandonaste o Pensar em Ti da Jill Mansell? Fiquei curiosa já que gostei bastante da história...
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Neptuno :D
      Porque já li um outro dela, que nem gostei nem desgostei, leu-se (tenho de meter aqui a opinião, tanto que agora nem me lembro do título) em que basicamente as personagens, estudantes, partilham uma casa.
      Neste aqui a personagem principal decide meter um anúncio no jornal para arrendar um dos seus quartos e ter com quem dividir a casa. Ok.....
      Não sei se a cena de dividirem casa/quarto é uma cena em todos os romances dela, mas nos dois em que já peguei o padrão é o mesmo.
      Depois outra coisa que já reparei até agora nela é os rodeios, que eu não gosto nada e os dramas desnecessários. Provavelmente vou acabar por pegar nele novamente e dar uma nova oportunidade, quando tiver com humor para tal, pois neste momento estou mesmo voltada só para histórias mesmo dramáticas, reais, históricas e "violentas", estilo Lesley Pearse.

      É um padrão na escrita dela meter sempre as personagens a dividir casa?

      Eliminar
    2. Acho curioso, nunca notei tal coisa! Deves ter tido mesmo azar com os livros que escolheste. Realmente no Pensar em Ti, pelo que me lembro, temos a filha da protagonista a ir para a universidade e a partilhar quarto ou coisa assim, mas não me lembro de algo do género noutros livros dela...
      Beijinho

      Eliminar
    3. Eu agora começo a pensar que a estou a confundir com outra, pois desde ontem já fui à prateleira tentar descobrir o dito livro e não encontro outro com o nome dela, acho que baralhei autoras e por não o encontrar está a dar-me cabo do caco! X_X
      Mas seja como for se eu as tiver a confundir com esta convicção, então são autoras com um género muito parecido. Mal encontre o dito livro digo-te =P

      Eliminar
    4. Fiquei curiosa agora... Espero que encontres o tal livro :)

      Eliminar
  2. Olha, eu gosto muito de policiais e thrillers mas depois distraio-me com outros livros e acabo por dar pouca atenção a este género. Se gostares, recomendo-te o autor Harlan Coben, que é um dos meus preferidos dentro do género :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Policiais e trillers são o género que menos gosto, tanto de livros como de séries ou filmes, é muito raro :/ Os únicos mais ou menos do "género" e mesmo assim acho que não se podem considerar policiais é mesmo Dan Brown ou José Rodrigues dos Santos. Mas quero ver se alargo um pouco mais os meus gostos, sou demasiado "agarrada" aos mesmos géneros, o que faz com que por vezes me aborreça e não encontre nada que me cative para ler, ou se torne repetitivo...
      Obrigada pela dica ;)

      Eliminar
    2. Como os policiais não são o teu género, deixa ver se me lembro de outros autores que te possa recomendar:
      Guillaume Musso tem romances contemporâneos com temas assim mais diferentes, como a vida depois da morte, o aparecimento de um anjo, viagens no tempo...
      Kate Morton também é uma boa opção; ela escreve histórias contemporâneas com segredos passados noutras épocas;
      Célia Correia Loureiro é uma autora portuguesa com romances muito bons;
      Torey Hayden se gostares de histórias baseadas na realidade da vida profissional da escritora.

      E assim de repente lembrei-me destes :) Pode ser que algum te desperte curiosidade!

      Eliminar
    3. Os meus autores preferidos são:
      Lesley Pearse
      Cecilia Ahern
      Sveva Casati Modignani
      Dan Brown
      E entre alguns quantos que já comentei aqui no blog, mas especialmente os que escrevem dentro deste género.
      Contemporâneos só se for estilo Cecilia ou Sveva, com lições de vida ou recordações do passado, ou então tem mesmo é que ter ou muito drama, ou comédia, ou então muito bom é comédia dramática =P
      Guillaume Musso comecei a ler "O Que Seria Eu Sem Ti?" e tive de parar de ler, pois até já me estava a atrofiar... Que seca e que confusão! Desisti.
      Kate Morton, fiquei curiosa ;)
      Célia Correia já ouvi falar, a ver se consigo o livro dela ainda este ano para ler :)

      Eliminar
    4. Desses que referes só não li Cecilia Ahern e a Sveva, mas já me recomendaram várias vezes esta última.
      A sério, achaste Guillaume Musso confuso? Eu gosto imenso o autor e já li bastantes romances dele. Mas não podemos gostar todos do mesmo!!
      E Anita Shreve já experimentaste?

      Eliminar
    5. Da Anita tenho cá em casa, já tentei, li quatro páginas e desisti. Estou à espera de uma altura melhor para começar (pois temos humores para a leitura, certo?) ;)
      Se quiseres posso emprestar-te alguns dos que tenho da Sveva ou Cecilia, até podemos fazer empréstimo de livros ou leituras conjuntas ou assim?
      Era algo que gostava de participar este ano :)

      Eliminar
    6. Sim,temos humores; também nem sempre me apetece ler determinados livros.
      É muito simpático da tua parte, talvez um dia possamos fazer uns empréstimos. Eu agora já faço com algumas amigas e não me queria comprometer já contigo porque depois acumulo muitos livros para ler; e além disso também estou a ver se dou mais atenção aos livrinhos da minha estante! Mas quem sabe... :)

      Eliminar
    7. Claro, eu também tenho bastantes em atraso, mas um dia se quiseres, já sabes :)

      Eliminar
  3. Olá
    Gostei de ver as tuas respostas :)
    Tenho mesmo de ler algo de Cecelia Ahern!
    Como já te disse gosto muito de Jodi Picoult e acho que os livros da Deborah Smith também são bons, ainda só tenha lido um.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essas são duas das quais ainda tenho de me estrear... Quando à Cecilia se quiseres que vá um no nosso empréstimo é só escolheres qual deles, que tenho aqui comentado :)

      Eliminar
  4. Olá,
    Gostei de ver os teus livros e os teus géneros literários tão diversificados...
    Compreendo o que sentiste com a Jill Mansell. Inicialmente era fã da autora e devorava os livros todos dela, achava-os leves e divertidos, mas depois comecei a detestá-los, vá-se lá saber porquê.
    Acho que gostarias de ler Kate Morton, Jojo Moyes ou Jodi Picoult que são fantásticas, cada uma no seu género. No policial Harlan Coben (que é dos meus favoritos) ou as minhas recentes descobertas Mary Kubica e M. J. Arlidge.
    Já que gostas de Dan Brown, já experimentaste ler o José Rodrigues dos Santos? Eu sei que é muito contestado e criticado, mas o que é certo é que tem muitos leitores e eu sou uma delas e gosto bastante ;)

    Beijinhos,
    MM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! :D

      José Rodrigues dos Santos já li um e gostei bastante, estou à espera do "humor" certo para ler os outros deles, acho muito interessantes :)

      Quanto a Kate Morton, Jojo Moyes e Jodi Picoult nunca li, mas espero estrear-me este ano com elas, estou muito curiosa! :)

      Não sou apreciadora de policiais, mas quero ver se "alargo" os meus gostos literários para poder variar mais: Mary Kubica, Harlan Coben e M.J Arlidge ficaram registados para quando eu tiver vontade de experimentar :D

      Há certos autores que eu antes adorava e agora acho enfadonhos... Acho que talvez tenha a ver com as nossas próprias vivências, gostos que vão mudando e a maturidade também? Talvez...

      Obrigada pelas dicas! :D

      Eliminar
  5. Olá Liliana!

    Estive a ver as tuas respostas com mais atenção hoje e os comentários.
    Eu adoro Sveva e já li quase tudo dela.
    Eu sou como a Denise, também gosto de policiais, mas leio poucos. Nunca li o Harlan Coben, mas gosto da Karen Rose que tem policiais macabros e com um bonito romance a acompanhar.
    Já experimentaste Dorothy Koomson? Ela escreve romances contemporâneos com drama à mistura. Eu gosto muito e é das minha autoras preferidas.
    Como gosta muito de drama, recomendo-te "Dezanove minutos" de Jodi Picoult. É um dos melhores livros que li até ao momento. É emocionalmente intenso e, apesar de ser com adolescentes o drama está muito bem retratado.
    Para fantasia, experimenta "A Filha da Floresta" de Juliet Marillier. Sê persistente nas primeiras páginas. Tem um início ligeiramente aborrecido e descritivo, mas depois de sentires ambientada com a leitura, não vais querer largar. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há nenhum policia interessante, que envolva teorias de conspiração ou história ou assim como Dawn ou José Rodrigues? Não há mais escritores ou tipo de policiais que escrevam tipo eles?

      Quanto aos 19 minutos, já o comprei para ler à muito tempo e comecei, mas parei, lá está naquela altura não estar com o "humor literário" para começar com uma escritora nova. Neste momento tenho uns da Lesley que comprei e nunca li e já sei que até os acabar não vou conseguir sair da minha "zona de conforto", no entanto estou a adorar as vossas ideias e estou ansiosa por descobrir os vossos escritores preferidos! :D

      Da Dorothy toda a gente diz que vai fazer o meu género, só espero que seja bem verdade, pois preciso mesmo de me "desgarrar" de ler sempre os mesmos e já mo vão emprestar, vamos ver se me vai conseguir surpreender e agarrar ;)

      Eliminar
    2. Desculpem intrometer-me na vossa conversa :) Estava a ler os comentários e como perguntaste se não haveria mais escritores que escrevam tipo Dan Brown ou José Rodrigues dos Santos, pus-me a pensar e creio que o Daniel Silva mete muita conspiração nos seus livros. Nunca li nenhum (lá está, mais um autor que quero experimentar e que estou sempre a adiar) mas ele tem uma série bastante grande. Podes pesquisar e até ler algumas sinopses.
      Depois há também o Luís Miguel Rocha que escreve romances históricos relacionados com a religião e alguns foram bastante polémicos. Dele já ti "O Último Papa" e tenho para ler "A Filha do Papa". És capaz de gostar, dado que gostas de Dan Brown :)

      Eliminar
    3. Eu li "Messias" de Boris Sterling. É dos melhores policiais que já li.
      Marc Levy tem um série de dois livros que misturam história, viagens, descobertas que talvez te possam encantar. São "O primeiro dia" e "A primeira noite". Eu adoro Marc Levy. É um autor com uma escrita muito característica. Eu gosto, mas sei de pessoas que não morrem de amores pelo autor (tenho dois livros que posso emprestar - Não são os que te disse e ainda não li para te dizer se são bons ou não).

      Experimenta, então. Abre o teu espírito a novos mundos literários :).
      Eu não consigo ler tudo de seguida... :p Gosto de fazer umas pausas para saborear melhor os meus autores preferidos.

      Espero mesmo que gostes da Dorothy. Eu adoro. Fico à espera das tuas opiniões. :)

      Eliminar
    4. Denise, vamos meter-nos todos aqui na conversa que é isso que eu gosto!! :D
      Do Luís Miguel tenho ou já tive "a bala santa", mas naquela altura não estava virada para essas leituras, mas já guardei o nome dele para não me esquecer, como referência para futuras Leituras. Também já ouvi falar de Daniel Silva mas não sei bem qual a opinião geral, um dia tento tirar a minha própria :)
      Vamos ver se fico a gostar... Depois quando leres diz-me também o que achaste! :D


      Silvana, já vi esse do Messias, acho eu, na minha biblioteca. Mas é só policial ou têm duplos sentidos e conspirações e assim? Pela sinopse parece ser só tipo "mata, mata, esfola", loool

      Marc Levy.... Fiquei intrigada! Vai já para a lista de autores a descobrir! :D

      Eliminar
    5. Eu já ouvi falar desses autores, mas nunca li nada :P

      O "Messias" tem muito "mata, mata". São crimes macabros. O que me fascinou foi a explicação dos crimes e a forma como ele terminou. Fantástico. Dos melhores policiais que já li.

      Espero que gostes de Marc Levy tanto como eu. A Denise não simpatizou muito com o homem, mas eu ainda a vou fazer delirar pelos livros dele :). Tem uma escrita poética, e histórias pouco fora do comum. Consegue usar o romantismo de uma forma muito inteligente e sem ser lamechas!

      Eliminar
    6. Então a escrita do Marc é como da Cecelia Ahern ? É que também a considero "poética", romântica sem ser lamechas e muito inteligente :)

      Eliminar
    7. São diferentes. Marc é mais poético, mas ao mesmo tempo muito inteligente na forma como articula as coisas. Senti mais essa inteligência nos dois livros que te indiquei. Os outros dois que li eram mais abstratos e até um pouco próximos de Cecilia Ahern.
      Eu tenho "O ladrão de sombras" e "A próxima vez". Posso emprestar :)
      Deixo-te aqui um excerto: http://por-detras-das-palavras.blogspot.pt/2013/01/palavras-memoraveis_10.html

      Eliminar
    8. Também te posso emprestar aquele que gostei muito da Cecilia + algum que aches interessante das minhas opiniões :D Envias-me um email (vamosdoarlivrosbiblioteca@gmail.com) ou dás-me o teu, assim falamos por lá ou no face que é mais fácil de combinar, se quiseres,claro :)

      Eliminar
  6. O thriller psicológico que me arrepiou.. diria A rapariga Corvo :) fantástico!!
    E agora tenho que ler Julieta :)

    * Blog mary red hair *

    *Canal mary red hair*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Julieta é dos livros mais maravilhosos que já li na vida! :D

      Eliminar
  7. Um livro que me arrancou gargalhadas foi "o homem das cavernas também comem toblerones"... É espetacular :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse não conheço, mas vai para a minha lista de futuras leituras ;)

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★


✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑