[Desabafos de uma apaixonada por livros] Livros e gatos!

Na minha vida, há duas coisas que estão sempre presentes: Livros e gatos. Os meus livros e os meus gatos. E é raro haver um sem haver outro.

Se pouso um livro seja onde for, um dos meus gatos vai até lá e senta-se em cima dele, ou encosta-se a ele. Se eu estiver a ler deitada de costas, um deles (e já aconteceu ser os dois!) deita-se no meu peito e encontram-se ao livro, sendo que me bloqueiam completamente a visão do livro (além de que se deitam quase em cima do meu pescoço e um que pesa quatro quilos e outro cinco, custa um bocado!)
Nessas aturas, durante um minuto ou dois, lá os deixo fazer a fita/espectáculo e depois normalmente deito-me antes de lado para voltar a poder ler, e normalmente lá se aninham nas minhas pernas ou vão à vida deles, outras não desistem e então deitam-se mesmo na minha cara, encostados ao livro... às vezes também o fazem se estiver deitada no portátil. Por exemplo, quando é o Castiel, seja com um livro ou com o meu notebook, é assim:

Já a maior "panca" do Nemo é quando eu estou a escrever ou a tirar apontamentos. Como quem segue o blog já deve ter reparado, gosto muito de livros técnicos, de auto-ajuda, ... E adoro ler e ir tirando apontamentos das partes que considero mais importantes. E às vezes o que acontece é isto:
Volta e meia, vai-se lá saber porque raio, o Castiel chega à minha estante de livros e com a patinha começa a deitar um a um ao chão... Eu pergunto: "Ei!! Que estás a fazer?!?" ele olha para mim, e muitoooo lentamente estica a patinha, toca num livro e puxa-o para o chão, lentamente, sempre a olhar-me nos olhos... Se não é provocação, não sei o que é... Mas a situação e a figura dele é tão parva que eu não resisto e desato-me a rir!

Outra coisa que o Castiel adora fazer, é dormir em cima dos livros:
Também a-d-o-r-a-m vir para debaixo dos meus cobertores ou edredom especialmente se eu estiver a ler, e enroscarem-se nas minhas pernas. O mais estranho e engraçado é que fazem isso se eu estiver a ler, mas se estiver, por exemplo, a ver um filme, raramente o fazem... Mas se estiver deitada no sofá, com uma manta....  É quase instantâneo...
Também quando estou no computador, especialmente se estiver a escrever algum post aqui para o blog, pois eles gostam mesmo é quando eu estou a escrever, se estiver só a navegar pela net e assim, em que só preciso de usar o rato, não ligam muito, mas se estiver a escrever no teclado e preciso mesmo das duas mãos e de espaço, é quando especialmente o Castiel mais gosta de vir marcar a sua presença =P Especialmente deitando-se em cima do teclado, ou do rato.
No meu colo
Em cima do teclado
Nesta foto ele está completamente deitado em cima do rato
Tenho mais fotos do Castiel que do Nemo, porque primeiro, o Castiel é muito mimado e dependente, nem parece um gato, parece um cão. Tanto parece um cão que a brincadeira dele é brincar ao "busca!" com um papelinho, palhilhas ou o brinquedo preferido dele, o "boink" e devolve-me à mão para atirar outra vez!

E vocês? Que histórias têm para contar que envolvam gatos e livros? Ou qualquer outro amigo de estimação e livros? Comentem para podermos trocar histórias engraçadas :)

6 comentários:

  1. Olá Liliana,

    Os gatos e os livros partilham uma atracção estranha. Na minha casa também é igual. Ainda me lembro dos tempos de estudante, quando espalhava livros e cadernos pela cama, era raro o meu Nero não aproveitar para se esticar lá por cima. Deve ser do fresquinho das folhas ou das capas, porque pelo conforto não deve ser de certeza!

    Agora que vivo sozinha também tenho dois gatinhos. Então a rotina mais estranha que temos, e que nunca falha, é mesmo à hora de dormir. A minha gata, que aproveita todos os momentos em que me sento para subir para o meu colo, dorme dentro da cama (sim, até de verão) enroscada na minha barriga. Já o gato, faz o mesmo mas na covinha que faço com os joelhos dobrados. Como deves calcular, acordo várias vezes com dores por estar sempre na mesma posição, e às vezes quando tento mudar-me levo algumas unhadas. Chego a acordar com arranhões que nem senti...

    Mas são o melhor que tenho e fazem-me imensa companhia :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu Nemo também está quase sempre enfiado debaixo do meu edredom quando estou a dormir. Quando os meus pais me vieram visitar, dormiram no meu quarto, e a meio das primeiras noites era o meu pai "O que é isto?? Está o gato a tentar enfiar-se debaixo do edredom! E o outro está a andar aqui por cima!! xD
      E quando o Nemo foi "roubar" água à caneca que tanto eu como os meus pais temos o hábito de ter junto à cabeceira, para quando dá a sede, e como não era a minha caneca a que eles estão acostumados a beber água, era outra mais alta, deitou-a ao chão, partiu-a e espalhou-se água por todo o lado, a meio da noite, pregando um susto do caraças aos meus pais! (e eu a dormir na sala, com os yorkies dos meus pais (por isso o Nemo e o Castiel não vieram dormir para ao pé de mim), nem dei por nada!) xD

      Ahhh.... As dores e os torcicolos.... O me querer levantar para ir comer ou ir à casa de banho ou mudar de posição e estarem a dormir tão calmos, de forma tão fofa ou até a ressonar e eu aguentar ali até ao limite... Sim, conheço bem...

      Mas numa coisa não me posso queixar, os meus gatos NUNCA me arranham por me mexer ou seja pelo que for, a única altura em que levo com as unhas deles é quando os seguro para lavar os dentes, cortar as unhas ou limpar, e ao Nemo para escovar, porque o Castiel ADORA ser escovado e até me pede para o escovar, aliás, exige! Mas fora essas "lutas" entre nós nesses momentos, por nada do mundo me arranham, a maior parte do tempo comportam-se como cães xD

      E eu também vivo sozinha com eles dois e são a minha maior companhia e os meus "filhotes" :)

      Eliminar
    2. Tens mais sorte que eu no que toca às arranhadelas. Às vezes basta só espreguiçarem-se a dormir e lá levo com uma unhada. O meu gato só sabe brincar a morder-me as mãos. De vez em quando lá aceita as festinhas mas em menos de nada já está a tentar morder. Mas acho que o faz com um certo "carinho", como se para ele fosse normal. Ele segue-me para todo o lado da casa e fica pacientemente à espera que eu saia do wc ou que acabe de lavar a loiça. Já a minha gata é mais meiga e não morde tanto.

      Também sei o que são esses desastres a meio da noite. Quando noto que me falta algum dentro da cama, já sei que está algures a fazer asneira. De manhã andam os tapetes no meio da casa, há coisas caídas... enfim... ahahahaha a minha gata também ressona. Às vezes até me acorda.

      E quando acordo a meio da noite, eles nunca ficam dentro da cama à minha espera. Não, levantam-se comigo e ficam sentados na cama à espera que eu volte. Opa, só visto. Mas onde é que eles aprendem estas coisas? Também ando sempre com torcicolos e dores nas costas ou nos braços. Mas confessa lá, sabe ou não sabe bem ter aqueles "aquecedores" nas noites de inverno? De verão é que a história já é outra, mas pronto.

      É verdade, são autênticos filhotes.

      Eliminar
    3. Sem dúvida que quando eu estou com tantas dores que até tenho de cerrar os dentes por estar toda torta, mas eles estão tão em paz, ou até com as patinhas em frente ao narizinho tão fofos fofos fofos que olha... que se lixe, vale a pena!

      Já os meus não esperam por mim à porta do wc, seguem-me para lá. O Nemo não falha uma, esteja a fazer o que estiver a fazer, seja a dormir ou a comer, se me ouve a acender a luz do wc, lá vem ele a correr e senta-se no autoclismo a olhar para mim. Quando estou a tomar banho tenho um gato numa ponta da banheira e outro na outra ponta, e tenho muitas vezes de tomar duche de cócoras para não os molhar!! Claro que nem sempre tenho paciência para isso, e meto o chuveiro no suporte e se eles querem lá estar estão, se não que vaiam para onde quiserem lool, mas o mais incrível é que mesmo a levarem com pinguinhas, lá ficam eles a vigiar-me, de modo algo assustador =P

      O Nemo também tem a mania volta e meia de brincar com a minha mão ou braço como se estivesse a brincar com o Castiel, a dar-me patadas e a mordiscar, como fazem um com o outro, por isso sim, ele faz-te isso na brincadeira, como se fosses igual a ele =P

      Eu digo logo: "Ah!! Devagarinho!!" e ele modera logo. Daquilo que conheço de gatos, e estes foram os primeiros que tive na vida, mas convivi de longe com outros, nunca tinha visto um gato como os meus dois. Obedecem às minhas ordens (nem sempre, vá), mas quase sempre. "Vem cá!" "Senta!" "Deita!" "Vai pró chão!" (esta é para o Nemo que está sempre a subir para a bancada da cozinha quando estou a cozinhar), "venham cá!" ou então "Anda Nemo!" "Anda Casti!" e até quando lhes meto o arnês e os deixo ir, com trela que está agarrada cá dentro da sala e só têm cumprimento de um metro, eu digo "Andem, vamos à rua!" e eles vêm logo a correr e metem-se em posição para lhes meter o arnês, o Nemo até enfia logo a cabeça na parte do arnês que fica à volta do pescoço.

      Há certas coisas que vou conseguindo filmar, outras ainda não consegui, mas vou continuar a tentar, pois é digno de se ver =p

      Haaaa... os tapetes.... Para mim já faz parte da rotina de manhã com o pé ajeitar os tapetes todos da casa...

      Tenho uns bons quantos livros sobre gatos, o seu comportamento, brincadeiras e assim, se quiseres terei todo o gosto em emprestar-te ;)

      Eliminar
  2. A minha MIA é mais fã dos marcadores de livros!! Adora agarrar-se a eles e começar a dar-lhe com as patas de trás, também gosta de lhes dar uma dentada volta e meia! Vá-se perceber estas pancas!! Beijinhos e parabéns pelos teus miaus fofos ;) beijinhos e lê muito

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os marcadores, nem me lembrei dessa parte também! Ainda há bocado tive de tirar um que é enfeitado com um cordel da boca do meu Nemo =P E as pontinhas dos marcadores também, é só os apanharem xD

      Eliminar

★ Todos os comentários são muito importantes, são o que dão vida a este blog. Obrigada por comentar e assim fazer parte deste espaço! ★


✉ Para receber a minha resposta, clique ✔ em Notificar-me ☑